sábado, 7 de maio de 2016

Resenha - Ligeiramente Seduzidos - Mary Balogh

Conheça a Família Bedwyn , seis irmãos e irmãs, homens e mulheres de paixão e privilégio, ousadia e sensualidade.Conheça seu deslumbrante mundo da alta sociedade e sedução de tirar o fôlego ... onde cada um vai buscar amor, lutar contra a tentação, o escândalo e contra si mesmos.




Ligeiramente Seduzidos conta a história de Lady Morgan Bedwyn, a mais jovem e mais bela dos irmãos Bedwyn, a única que teve a sorte de não ser atingida pelo famoso, nariz Bedwyn proeminente.

Morgan acaba de completar 18 anos e Gervase já é um homem maduro com seus 30 anos.A diferença de doze anos de idade entre eles não incomoda,(Minha opinião claro :D ). Morgan uma jovem doce que transmite amor abertamente por aqueles que ama,apesar de sua pouca idade ,tem a cabeça moderna e ideias elevadas que são reprimidas pelas restrições da sociedade,as vezes ingenua  mas amadurece rapidamente em uma situação de crise. 

Morgan é, uma heroína admirável,com pensamentos originais,uma compaixão sem limites porém mostra toda a sua altivez ao se confrontada. 

Vingança e perdão são, obviamente, os temas para o personagem de  Gervase que foi ferido por traições do passado e acaba por tornar-se tão cínico e cansado durante seus anos de exílio, que uma mulher jovem, otimista parece ser um bom ajuste para ele, Lady Morgan Bedwyn.

O que é tão agradável nessa história é ver claramente o amor se desenvolve entre os dois.No inicio me perguntava se tinha jeito para ele ,(não sou fã de homem "libertino" e amargurado HAHAHA). Mas ele é muito mais do que isso, como o leitor e Morgan vão descobrir, seus planos para seduzi-la dar lugar  a uma amizade profunda,na semana que passam juntos, em Bruxelas, ajudando os soldados feridos e tentando descobrir o que aconteceu com Alleyne ,eles, obviamente, aprendem muito sobre o caráter um do outro .

Ao volta para a Inglaterra, é evidente que sua reputação esta comprometida. E descobre  que o interesse de Gervase por ela foi motivado por vingança contra o Duque,seu irmão Wulf, ela fica magoada, com raiva,sente-se usada.Mas ela é uma Bedwyn.

" - Nada disso,lorde Rosthorn. Deve ter esquecido que sou uma Bedwyn. Nosso assunto não está terminado.Não sairei de fininho,com a cabeça baixa,apenas porque fui tola e inocente demais para reconhecer um patife."


O conde Gervase ficaria feliz em casar-se com ela para evitar um escândalo, agora que ele está apaixonado por Morgan.Mas há dois obstáculos: Morgan acha que é desnecessário e Bewcastle nem considera esta opção.

- Ah ,chérie, fica magnífica quando está furiosa.Vou cortejá-la até que mude de ideia sobre me abandonar.
- Errado mais uma vez.Eu vou cortejá-lo,lorde Rosthorn .Farei com que se apaixone por mim,então partirei seu coração.
- Já estou apaixonado ,ma pettie ..."

Mary Balogh usa como um pano de fundo a  "Guerra Napoleão" foi agradável para mim como o leitor, porque o livro não focar apenas no romance entres os dois. O que em alguns romances pode se tornar quase 'chato' e previsível se ele tem apenas o objetivo de fazer  com que as duas pessoas  fiquem juntos.O resto da configuração é igualmente bem retratado, de Londres para o campo,com a participação das famílias Bedwyn e Ashford adicionado calor  à história.O enredo é carregado com ação, emocionante e comovente,de amor e redenção.



Devo acrescentar, sem dar spoilers que há uma configuração para o próximo livro,LIGEIRAMENTE PECAMINOSOS ,que vai contar a história de Alleyne. Que neste fica no ar ,e você com aquela angústia absurda para saber o que aconteceu com ele. Eu já li e falo o livro é maravilhoso .Sem mais !!

No geral, sou extremamente suspeita ...AMO essa família BEDWYN e te convido a conhece-los se você ainda não teve esse prazer .



Publicados pela Editora Arqueiro

Ligeiramente Casados
Ligeiramente Maliciosos 
Ligeiramente Escandalosos
Ligeiramente Seduzidos

Próximo Lançamento sem data prevista : Ligeiramente Pecaminosos



<3